Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tu tens a mania

Tu tens a mania

Workshop de Probióticos

Quando comecei a preocupar-me com aquilo que consumo, uma das sugestões que me fizeram foi consumir probióticos. Arranjaram-me grãos de kefir e fui produzindo kefir até ao dia em que me esqueci deles e acabaram por se estragar. Eventualmente, consegui arranjar mais uns grãos e retomei a produção de kefir e consegui manter o seu consumo regular

 

Consumo outros probióticos, nomeadamente kombucha e chucrute, mas são produtos que adquiro em lojas e não produzidos por mim. Um dos problemas relacionados com produtos fermentados que são vendidos é que, possivelmente, estes produtos não são realmente fermentados. E foi por isso que me inscrevi neste workshop: quero ter a certeza de que consumo mais produtos fermentados

 

Este workshop foi dado pela adorável Oksi (site: Dicas da Oksi) e foram abordados os probióticos mais conhecidos: kefir de leite, kefir de água, kombucha, chucrute, kimchi e miso. Já tinha ouvido falar em todos eles, mas ainda não tinha tido a oportunidade de experimentar kefir de água e kimchi. Não gostei muito do primeiro, adorei o segundo. Arrependo-me de não ter tirado fotos à medida que ia provando os diferentes produtos, mas estava interessada no que a Oksi ia dizendo que me esqueci de tirar fotos

 

Resumidamente, probióticos são micro-organismos vivos que podem ser encontrados em diferentes alimentos e suplementos. São organismos importantes para a nossa saúde ao nível da digestão e intestinos. Existem diversos benefícios associados ao consumo de probióticos, entre eles a melhoria da digestão e da absorção de nutrientes e o fortalecimento do sistema imunitário. Obviamente, é necessário que exista uma alimentação cuidada, rica em fibras, para que o consumo de probióticos traga resultados. Para saberem mais sobre probióticos, obtenham o ebook da Oksi, Fermentados & Probióticos Caseiros, onde ela aborda estes e outros probióticos e explica tudo mais pormenorizadamente e com rigor científico

 

Fiquei com muita vontade de começar a produzir os meus fermentados. Mas ainda não comecei hoje. O mais fácil para começar será o kombucha, pois recebi uma "bolacha" de cultura no workshop e só tenho que fazer chá preto para começar. Mas, como não tenho chá preto, nem verde, não posso fazer nada (por enquanto).Amanhã vou às compras e já poderei começar a produzir o meu próprio kombucha. No próximo fim-de-semana, será a vez de experimentar fazer kimchi. 2019 será, sem dúvida, o ano de melhorar, aos poucos, a minha alimentação

 

IMG_20190120_181206.jpg

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina 27.01.2019

    O kefir de leite reproduz-se tão facilmente e tem uma aparência tão estranha
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub