Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tu tens a mania

Tu tens a mania

O adeus àqueles que me ajudaram durante a adolescência

Os tempos da adolescência nunca são isentos de sofrimento e confusão. E, muitas vezes, recorremos à música para nos ajudar a ultrapassar as nossas dores. As duas vozes que mais me ajudaram morreram este ano: Chris Cornell e Chester Bennington. Os dois lutavam contra os mesmos problemas, e os dois acabaram por perder a batalha da mesma forma. A morte de Cornell foi-me algo difícil de digerir. Escrevi um texto sobre o que senti quando li a notícia, mas não consigo ter coragem de partilhar sentimentos tão íntimos. Hoje ainda não consegui pegar na caneta. Optei por pegar no computador, pois, para mim, as coisas tendem sair menos pessoais quando escrevo directamente aqui.

 

Uma das coisas que mais me revolta no meio disto tudo é a estupidez humana quando se fala em suicídio, depressão e dependência. As pessoas tendem a ignorar o tamanho do sofrimento que uma pessoa passa quando acha que a única solução para terminar esse sofrimento é o suicídio. Vi vários comentários a dizerem que Chester foi fraco e que optou pela via mais fácil. Não é fácil e não é uma decisão tomada de repente. Provavelmente, a ideia do suicídio já o andava a atormentar há algum tempo. E, tendo em conta que Bennington e Cornell eram grandes amigos e que hoje seria o aniversário de Cornell, cheira-me que foi a morte deste a última gota na força de Chester.

A depressão não é uma doença fácil e distorce completamente a mente de uma pessoa. Aliada à dependência de drogas e/ou álcool, a luta torna-se bem mais difícil e bem mais mortal. Em vez de andarem a apontar os dedos e a acharem que são superiores àqueles que sofrem destes problemas, reduzem-se à vossa insignificância e eduquem-se. 

 

Goodbye Chris. Goodbye Chester.

 

 (Chester cantou esta música no funeral de Chris Cornell)

É preciso mudar mentalidades

Hoje, no feed do Facebook, só vejo pessoas a celebrarem o dia internacional do café, o dia internacional do idoso, o dia mundial da música e o dia mundial do vegetarianismo. No entanto, vi uma página a falar em algo mais importante: hoje é dia europeu da Depressão (obrigada SAPO por te lembrares de algo tão importante!).

sapo.png

 Infelizmente, a depressão continua a ser vista como a doença dos fracos ou apenas um estado de espírito (daí ter ocultado os comentários). Continua-se a ver as pessoas que sofrem de depressão como preguiçosas, como pessoas que não sabem ser felizes, que não têm nada para estarem tristes, que é só para chamar a atenção. Ou que é normal sentir-se deprimido que vez em quando (depressão não é sinónimo de tristeza!). Que se desabafares com alguém, tudo passa. Que não passa de macaquinhos que colocaste na cabeça.

 

"Depression isn’t drinking coffee and shaky hands holding a cigarette or writing poetry late at night. It’s not sleeping in cold winter mornings or a book store visit where you meet the love of your life and they somehow put the broken pieces back together with a smile. Depression is staying home all the time and sleeping for 4 days in a row. It’s greasy hair because you haven’t showered in a week. It’s not eating. It’s tear stained pillows and trash covering every inch of your room because the thought of cleaning it makes you feel sick. It’s a pill when you wake up. It’s like slow moving traffic in your brain you want so desperately to get out off it and you wanna find the nearest exit but you’re stuck. It’s therapy every Wednesday. It’s telling your friends you’re busy when in reality you can’t handle the thought of leaving your bed. It’s a report card with all failing grades and trying to explain to your mom that you’ll do better next time when you both know that’s a lie."

 

A Depressão é uma DOENÇA MENTAL. A tristeza é algo temporário, facilmente remediado. A depressão não. Depressão é andar de mãos dadas com a apatia, a ansiedade, tensão, fadiga e com um vazio inexplicável e impreenchível dentro de ti. É insónia e é dormir durante horas a fim. É não ter fome e é comer em demasia. É dores no peito, falta de ar e desespero. É sentir-se inútil e ser um desperdício do tempo dos outros. É perder o interesse naquilo que mais gostavas. É afastares-te daqueles que te eram muito. É sentires sozinho e não quereres estar com alguém porque simplesmente não tens forças para isso. É viver em modo auto-piloto e não saber como o desligar.

A Depressão não é causada apenas por eventos traumáticos. Quando um pode vir a sofrer de depressão sem qualquer motivo aparente. Estima-se que 1 em cada 4 ou 5 portugueses virão a sofrer de depressão, pelo menos, uma vez na vida. Os idosos são os que mais sofrem de depressão, mas a doença está a crescer no meio dos cidadãos em vida activa. Em cada hora existe um português a tentar suicidar-se. A cada 8 horas, existe alguém que consegue atingir esse objectivo. As mulheres são as que têm maior "aptidão" para sofrer de depressão, mas são os homens que mais facilmente atingem o desespero e se suicidam (possivelmente, a culpa é do mito que "homem não chora nem sofre" e que "depressão é coisa de mulheres/fracos"). 

A depressão pode aparecer a qualquer um. Pode ser a tua mãe ou o teu irmão. Pode ser o teu vizinho da frente ou até mesmo aquela miúda gira que vês todos os dias no autocarro. Um sorriso nos lábios não significa que a depressão não se esconda por detrás dele. As pessoas com depressão não são fracas. Até são bem fortes. Conseguem esconder a depressão até à última gota de forças. E fazem-no por medo de serem recriminadas. O que ainda acontece. 

depression.jpg

 

A Depressão é assunto sério e está mais que na hora de começarmos a tratá-la como tal.

 

SOS Estudante – 96 955 45 45 ou 808 200 204 (das 20h à 1h, chamada local)
Apoio emocional e prevenção do suicídio 

 

Telefone da amizade – 228 323 535
Apoio em situações de crise pessoal e suicídio das 16h às 23h

 

Centro SOS-Voz Amiga: ajuda na solidão, ansiedade, depressão e risco de suicídio
Telef.: 21 354 45 45 - Diariamente das 16 às 24h
Telef.: 91 280 26 69 - Diariamente das 16 às 24h
Telef.: 96 352 46 60 - Diariamente das 16 às 24h
website: www.sosvozamiga.org

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D