Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tu tens a mania

Tu tens a mania

Marés Vivas 2019

Este ano, regressei ao Marés Vivas. A última vez que fui a este festival foi em 2016, para assistir ao concerto de James (e arrependo-me por não ter ido assistir o concerto de Elton John)

 

Estive praticamente até ao último dia para comprar o passe dos três dias. Acabei por dizer “Que se f#+a” e comprei. Não conseguir ir ao primeiro dia devido a uns imprevistos, mas fui aos restantes dois. E devo dizer que acabei por não me divertir tanto nos concertos que mais queria ver. No sábado, a ideia era ver Ornatos Violeta. Apesar de também ser fã de Mando Diao, Ornatos é uma das bandas que me acompanhou durante largos anos. No entanto, tive o azar de ficar junto de um grupo de jovens que decidiram fazer um mosh e lixar a vida daqueles que estavam à volta. Fui espezinhada, levei cotoveladas e fui “esborrachada” entre pessoas. Quando decidiram terminar o mosh, eu não tinha espaço para me mexer e estava com algumas dores. Ainda tentei abstrair-me e tentar aproveitar o resto do concerto, mas não consegui. Acabei por sair a meio e sentar-me num passeio e ouvir o resto do concerto. O concerto dos Mando Diao, pelo contrário, foi fantástico, mesmo tendo em conta os 40min de interrupção por problemas técnicos

 

No domingo, foi a vez de Sting e dos Morcheeba. Como já tinha visto Morcheeba ao vivo há uns aninhos, estava entusiasmada com o concerto do Sting. Fomos cedo e até conseguimos um bom lugar. Diverti-me imenso durante o concerto dos Morcheeba, como já estava à espera. Porém, quando o concerto acabou, começou a haver uma enorme movimentação de pessoas e acabei por ficar por detrás de um grupo de adultos, um tanto ou quanto mal-educados, e que não me deixaram ver o concerto. Ainda tentei arranjar um lugar melhor, mas estava tanta gente e e o espaço da me movimentar era pequeno que acabou por ser melhor aguentar onde estava ou, então, teria de ir mesmo para o fim do recinto. Ainda consegui ver a cabeça do Sting por algumas vezes, por isso, não ficou tudo perdido. No entanto, sei que não consegui aproveitar tanto como gostaria

 

Uma coisa que dá para ver durante os festivais de música é que as pessoas que mais se queixam do que quer que seja, são as primeiras a agir de forma a incomodar os que os rodeiam. Os grupos de sábado e de domingo, estiveram o tempo todo em que não havia música a criticar algo: ou era a organização do evento, ou era as pessoas, ou era a comida, ou era o espaço, ou era isto, ou era aquilo… Sempre a reclamar. E, depois, começando o concerto, eram as primeiras pessoas a não terem consideração pelos outros. Eu devo ter aumentado a minha probabilidade de sofrer cancro de pulmão em uns 10 a 20% só por causa do fumo do tabaco que eles insistiam em bufar em direcção às pessoas que estavam em redor delas em vez de para cima

 

Apesar de tudo, diverti-me. Para o ano, se for, hei-de permanecer sentada nos passeios durante os concertos. Parece-me a opção mais segura e saudável, quer física, quer mentalmente

 

IMG_20190721_221601[1].jpg

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina 24.07.2019

    Eu achei o sítio muito mal escolhido exactamente por causa disso. Está demasiado perto de habitações. Não devia ter sido permitido que o festival se realizasse lá
    Quanto às pessoas, já imaginava que isso iria acontecer. Quando eu saí do recinto (1h30 no máximo), já era uma confusão e barulheira e era maioritariamente gente adulta e sóbria. E a quantidade de táxis/ubers/pais a irem buscar os filhos à porta do recinto também era ridículo
    Eles deviam reavaliar a localização do festival. Onde estavam anteriormente era impecável e não incomodava tantas pessoas...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub