Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tu tens a mania

Tu tens a mania

Livros Lidos: Está tudo f*dido

 
"Vivemos numa época estranha. Apesar de termos mais liberdade, saúde e riqueza do que em qualquer outra época da história, tudo à nossa volta parece terrivelmente f*dido: aquecimento global, queda de governos, economias em colapso e todos permanentemente ofendidos nas redes sociais. Temos acesso a tecnologia, a educação e a formas de comunicar que os nossos antepassados nem sequer imaginavam, mas ainda assim sentimos uma esmagadora desesperança. Afinal, o que é que se passa connosco?

Com a sua habitual mistura de erudição e humor, Mark Manson desafia-nos a olhar para o mundo com outros olhos. Com base em investigação psicológica e na sabedoria intemporal de filósofos como Platão e Nietzsche, o autor disseca a política e a religião e mostra como as duas se tornaram desconfortavelmente semelhantes. Analisa a nossa relação com o dinheiro, o entretenimento e a internet, desafiando as definições de fé, felicidade, liberdade e até da própria esperança.
Um livro de leitura obrigatória que nem todos merecemos, mas de que todos precisamos"

 

Li A Subtil Arte de Saber Dizer Que Se F*da no início deste ano e devo dizer que gostei da forma como Mark Manson escreve. É directo e diz o que é preciso, mesmo que doa, e, no entanto, consegue enfiar alguma comédia pelo meio. Neste livro, a coisa foi igual

 

Começou assim o estúpido concurso de medição de pilas também conhecido como história da humanidade

 

Gostei muito mais de Está Tudo F*dido. Tem uma vertente mais filosófica e foi um excelente livro para ler durante as férias. O livro trata-se, no fundo, de 247 páginas de divagação sobre o que vai mal no mundo e de como, mesmo assim, é possível ser feliz. Apresentou vários conceitos que achei interessantes e permitiu-me olhar para os meus actos de outra forma. Não é um livro revolucionário, mas ajuda a colocar as coisas em diferentes perspectivas e a entender um pouco melhor o que vai de mal no mundo

 

A perseguição da felicidade é um valor tóxico que tem desde há muito definido a nossa cultura. Derrota-se a si mesma e é ilusória. Viver bem não significa evitar o sofrimento, significa sofrer pelas razões certas. Porque, se somos forçados a sofrer pelo simples facto de existirmos, é melhor que aprendamos a sofrer bem

 

Acredito que seja um livro que irei pegar várias vezes.Pelo conteúdo e pelas referências que ele usa ao longo do livro. E pela força que o livro transmite. Pois, apesar de estar tudo f*dido, ousar ter esperança por um mundo melhor é um acto de rebeldia

 

Não espere melhor. Seja melhor. Seja algo melhor. Seja mais compassivo, mais resiliente, mais humilde, mais disciplinado

Algumas pessoas acrescentariam 'Seja mais humano', mas não - seja um melhor humano. E ,se tivermos sorte, um dia seremos mais do que humanos

 

IMG_20190829_064321_268.jpg

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub